Ações da Lei Seca serão reforçadas na campanha Maio Amarelo, de acordo com o Batalhão de Trânsito

Veículo estacionado ao lado da casa cujo muro teve uma parte derrubada. (Foto: Marina Pacheco).Veículo estacionado ao lado da casa cujo muro teve uma parte derrubada. (Foto: Marina Pacheco).

Resquícios do acidente na Avenida Costa e Silva, em Campo Grande, na manhã deste domingo. (Foto: Marina Pacheco).Resquícios do acidente na Avenida Costa e Silva, em Campo Grande, na manhã deste domingo. (Foto: Marina Pacheco).

Três pessoas foram presas por embriaguez na madrugada de domingo (dia 5), em Campo Grande. Blitz da Lei Seca, do Batalhão de Trânsito, foi montada na Avenida Eduardo Elias Zahran.

Do começo de 2019 até hoje, 575 motoristas foram flagrados dirigindo após ingestão de bebida alcoólica. O número supera o registrado em todo o ano de 2017, quando foram 461 flagras – os dados ultrapassam o ano retrasado desde 20 de março.

Só na noite de ontem, foram aplicados 40 testes, aplicadas 11 autos de infração, 10 pessoas se recusaram a fazer o bafômetro e 30 veículos foram abordados, segundo o Batalhão de Trânsito.

Segundo o comandante do Batalhão de Trânsito da Capital, tenente-coronel Franco Alan, neste mês as operações serão intensificadas, já que trata-se do Maio Amarelo, período oficial de conscientização de atitudes para um trânsito melhor.

Blitz na Avenida Zahran montada na noite de sábado e madrugada de hoje. (Foto: Divulgação/Batalhão de Trânsito).Blitz na Avenida Zahran montada na noite de sábado e madrugada de hoje. (Foto: Divulgação/Batalhão de Trânsito).

Prisões – Nesta madrugada, o motorista de 28 anos dirigia um Honda City dirigia na Avenida Costa e Silva, quando ao se aproximar do cruzamento com a Rua Aristóteles bateu o veículo em um poste de iluminação pública. Testemunhas no local disseram que ele estava em ‘zig-zag’ e pela contramão algumas quadras do ponto do acidente.

Segundo boletim de ocorrência, o homem ainda tentou fugir e, mesmo ferido, foi levado preso para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) da Piratininga.

Na Estrela do Sul, uma mulher de 39 anos também foi presa depois de bater o carro no muro de uma residência na Rua das Balsas. De acordo com a polícia, ao ser abordada, a mulher aparentava nervosismo e características “típicas” de quem bebeu.

No bafômetro, foi constatado 0,82 mg/l, o que caracteriza crime de trânsito e a motorista não possuía CNH (Carteira Nacional de Habilitação). O caso dela foi registrado na Depac do Centro.

Campo Grande News

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui